Acadêmicos
Francisco de Souza (In memoriam)

 

Francisco de Souza (In memoriam)
Cadeira: 9
Posição: Fundador

Biografia

 Nasceu em Orleans – SC em 18/08/1924. Fez a escola primária em Lauro Müller – SC. Filho de Manoel Inácio de Souza e Felicidade Cândida de Souza. Foi mineiro por 25 anos, hoje aposentado, escreve poemas e contos. Sua primeira publicação é “Todo Tempo Tempo tem seu tempo” ( poemas) em dezembro de 1999; “O bagageiro”, 2007. Tem centenas de poemas publicados nos jornais da região carbonífera.

Obras

A EDUCAÇÃO



A educação vem de casa
o amor vem do coração
amar sem educação só estraga
como o fungo estraga da planta o grão

Educar bem a família
para amanhã não teres problema
o seu filho é uma pérola que brilha
entre a vida tão serena, tão tranqüila

Quando nasce o amor de mãe
nasce o fruto da paixão
como símbolo da vida humana
o amor do fundo do coração

Eduque o teu menino sem machucar
sem ferir, sem mágoas e sem raiva
seja-nos um mestre na educação
mas faça seus filhos sentir nossa afeição

mostre que o amor deles te empolga
mas você não admite passar dos limites
não condena, não alerta da desobediência que não progride
mas que jamais retira dele a vossa atenção.

(da obra: O Bagageiro)


 
PAI



No oceano da vida tu és meu forte batel
o teu remo me norteia
és um piloto fiel

Este barco que navega
jamais irá afundar
certos que ao porto seguro
iremos sempre chegar

Nesta linda embarcação
vejo brilhar uma luz
é o brilho do amor
que o meu barco conduz.

Meu caro pai eu bem sei
que nasci do teu calor
porque tu e minha mãe
plantaram a semente do amor

É a ti que devo tudo
meu paizinho amoroso
foi graças a ti que surgiu
meu rebento glorioso

És o meu vigilante
que está sempre alerta
se colocando a meu lado
quando o perigo me cerca.

Poema da obra: "Todo Tempo Tem O Seu Valor"

 


<< Voltar

 
 

AILA - Academia Içarense de Letras e Artes | Todos os direitos Reservados | Içara - SC